Bem vindo ao site da SPEA - sociedade portuguesa para o estudo de aves

Opções do site

Subscrever Newsletter

Outras opções do site

Pesquisar no site

Data actual

Principais opções do site

D
S
T
Q
Q
S
S
 
 
 
 
 
 
2
3
4
5
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
21
23
24
25
26
28
 
 
 
 
 
 
A Nossa Missão
A SPEA é uma ONG de ambiente sem fins lucrativos, que tem por missão trabalhar para o estudo e a conservação das aves e seus habitats, promovendo um desenvolvimento que garanta a viabilidade do património natural para usufruto das gerações futuras.
Home  > Aves Marinhas > Freira do Bugio
imprimir

Freira do Bugio
Freira do Bugio - Pterodroma feae (Mathews 1934)

Reprodução
Esta ave chega ao Bugio para nidificar em fins de Junho, pondo o seu único ovo no fim de Julho e dando-se as primeiras eclosões em meados de Setembro. Os primeiros juvenis a sair para o mar, deixam o ninho no início de Novembro, e os últimos no final de Janeiro. Entre Fevereiro e Junho as Freiras do Bugio encontram-se no mar em busca de alimento, de acordo com os seus hábitos pelágicos. Esta ave apenas regressa para nidificar após completar cerca de 5 anos, passando os primeiros anos de vida no mar. A sua longevidade máxima é desconhecida tendo já sido capturadas aves com mais de 20 anos.

Distribuição e tamanho populacional
A Freira do Bugio nidifica nos Arquipélagos da Madeira e de Cabo Verde sendo endémica da Macaronésia.
No Arquipélago da Madeira é rara e nidifica exclusivamente na ilha do Bugio, concentrando-se a maior parte da população num pequeno planalto na metade Sul desta ilha. A população actual das Desertas foi recentemente estimada em cerca de 180 a 250 casais reprodutores (Geraldes in prep.).

Identificação
No mar distingue-se das outras espécies que ocorrem no Arquipélago, excepto da Freira da Madeira P. madeira, pela forma como voa (fazendo “Vs” pronunciados), por ter um grande contraste entre a parte superior do corpo (escura) e a inferior (branca) e por ter a parte interna das asas escura.

Habitat
A Freira do Bugio escava o ninho no solo, pelo que a existência de áreas não erodidas e com vegetação é vital para a sua sobrevivência. Pontualmente podem nidificar em buracos nas rochas ou em zonas com pedras soltas. Aparentemente este tipo de habitat é o mais usado pelas populações de Cabo Verde.

  • Conservação
Ameaças
As razões que levaram à regressão da área de distribuição desta espécie não estão determinadas, contudo a introdução de predadores nestas ilhas, a degradação do seu habitat natural e mesmo a predação humana podem ser apontados como factores que contribuíram para este declínio. Hoje em dia, no Bugio, uma das principais ameaças a longo prazo passa pela degradação contínua do habitat de nidificação, causada pelos coelhos e cabras.

Estado de conservação e instrumentos legais de protecção
A Freira do Bugio está Quase Ameaçada (a nível global) e é considerada dependente de medidas específicas de gestão. Está presente nas listas do Anexo I da Directiva Aves e Anexo II da Convenção de Berna. O seu habitat está no Anexo I da Directiva Habitats. Em Portugal é considerada como Vulnerável.

Estado actual do conhecimento em Portugal
Existem alguns trabalhos sobre a sua época de reprodução e alguns censos totais da população baseados em evidências indirectas, como sejam número de cavidades com sinais de ocupação, número de cavidades total, número de aves detectadas na colónia, etc). Existem ainda algumas informações dispersas e ocasionais sobre a sua dieta e distribuição no mar, bem como sobre a sua biologia de reprodução.

Comentários
A Freira do Bugio emite uma vocalização específica, junto da colónia e que se assemelha a um longo gemido. Este som está na origem do nome por que é conhecida entre os pescadores da Madeira... “Ai-ai do Bugio”. Indicações recentes, baseadas em dados biométricos e fenológicos, sugerem que as populações existentes em Cabo Verde possam ser de uma espécie distinta. Tendo em conta as suas óbvias implicações conservacionistas, seria importante aprofundar este assunto.




voltar



Política de privacidade, adicione aos favoritos, sugira este site © 2010 spea - Todos os direitos reservados.
Seara.com